Viajar é algo que todo mundo gosta, ajuda a relaxar, traz tranquilidade e curiosidade sobre novas coisas a explorar e obviamente que fazer isso no Brasil não seria diferente. Por isso, hoje vamos contar a história de três lendas muito queridas do folclore do Amazonas para que você comece sua viagem com sua família por lá!

Além de todos os recursos naturais que o Amazonas oferece, hoje é a região com maior quantidade de mata nativa do mundo. Pense que desde que o mundo é mundo, as árvores que estão lá sobreviveram ao homem. Estamos falando de centenas de árvores centenárias e claro, nossos personagens preferidos estão lá para protegê-las.

 

Folclore do Amazonas: Conheça a Curupira!

Conhecido pelos seus lindos cabelos de fogo e pés invertidos, ele é o protetor oficial dos animais e mata amazônica. Inclusive lendas contam que ele já esteve em todo território da mata equatorial, o que simboliza 40% da Amazônia e mais nove países. Não é um máximo?

Nosso herói escala árvores, vive na mata densa, escala árvores com tamanho de quase vinte andares (homem-aranha??). Portanto, ele é sim o nosso primeiro personagem do folclore do Amazonas.

 

Índia Naiá – 2º Personagem ou Vitória Régia

A história dessa índia no folclore do Amazonas é uma forma encontrada para explicar o nascimento da planta Vitória Régia, o que não deixa de ser lindo. Antigamente se dizia que a Lua quando surgia vinha para namorar as mais belas índias da tribo, devido a sua beleza a Lua à roubava-as para si.

Uma bela noite, a Índia Naiá viu a Lua se aproximando para roubá-la e acabou se jogando na água e desapareceu para fugir. Vendo isso, a Lua a transformou em uma planta que hoje chamamos de Vitória Régia.

A Índia acabou se tornando símbolo da floresta, em toda sua beleza e diversidade e presença duradoura que vivencia tudo que a mata vive de perto.

 

Folclore do Amazonas: Boto Cor de Rosa

Impossível falar do folclore e não falar dele, um dos mais conhecidos é a história do Boto Cor de Rosa. Dizem as lendas que em noite de festa junina, o Boto sai das águas e se transforma em um lindo homem de chapéu e roupas brancas.

Escolhe a mais linda menina da festa e a convida para passear pelos rios e as engravida. O próprio boto cor de rosa existe realmente em nossa Amazônia e é possível ter visto em primeira mão um dos aquíferos mais subutilizados do mundo, que poderia facilmente abastecer o mundo de água potável por pelo menos 250 anos.

E aí, gostou desse giro pelo folclore do Amazonas. Saiba que essas três lendas protegem toda a sua mata e todos os animais, desde a terra até o mar. Acompanhe nosso blog para conhecer mais histórias sobre as viagens pelo Brasil!

 


Que tal aprender mais sobre o folclore brasileiro através de jogos?

 

Curiosidades sobre o Dia do Circo - 1

Curiosidades sobre o Dia do Circo – 1

Neste primeiro jogo sobre a história do circo abordaremos sobre quando é comemorado o Dia do Circo, quando os primeiros ...
JOGAR
Curiosidades sobre o Dia do Circo - 2

Curiosidades sobre o Dia do Circo – 2

Nesta sequência de curiosidades sobre o Dia do Circo, falaremos sobre a primeira palhaça negra do Brasil, quando o circo ...
JOGAR
Dia do Circo (Ortografia) - 1

Dia do Circo (Ortografia) – 1

Neste primeiro jogo de ortografia sobre o Dia do Circo, iremos falar um pouco sobre as palavras que usualmente aparecem ...
JOGAR
Dia do Circo (Ortografia) - 2

Dia do Circo (Ortografia) – 2

Neste segundo jogo sobre o Dia do Circo, iremos falar sobre outros fatos importantes como a admirável platéia que sem ...
JOGAR
Dia do Circo (Ortografia) - 3

Dia do Circo (Ortografia) – 3

Neste terceiro jogo sobre o Dia do Circo, apresentaremos este magnífico mundo com brincadeiras, temáticas incríveis do dia a dia ...
JOGAR
Dia do Circo (Ortografia) - 4

Dia do Circo (Ortografia) – 4

Neste quarto e último jogo de ortografia que remete ao Dia do Circo, abordaremos palavras sobre a juventude e como ...
JOGAR

 


 

Top